CIG

Dissertação de mestrado- Sanie dos Santos Reis- Versão corrigida após defesa pública.pdf    
TÍTULO/RESP.:

A (In)visibilização da mulher negra em Portugal [Texto policopiado] : a dupla discriminação silenciada / Sanie dos Santos Reis

AUTOR(ES):

Reis, Sanie dos Santos

DESC.FÍSICA:

64 p. ; 30 cm

NOTAS:

Dissertação de Mestrado em Estudos sobre as Mulheres: A Mulher na Sociedade e na Cultura, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa ; Versão corrigida e melhorada após defesa pública
Incluí referências bibliográficas
Sendo residente em Portugal há mais de oito anos, sempre me inquietou o facto de quase inexistirem na academia portuguesa mulheres negras nos cursos de licenciaturas, nos mestrados, nos doutoramentos ou nos pós-doutoramentos. Os espaços onde vemos mulheres negras na academia, e não só, são espaços de trabalhos subalternizados, onde as mulheres negras trabalham maioritariamente nas limpezas. Embora comecem a surgir na academia portuguesa mulheres interessadas em estudar o feminismo negro de forma mais aprofundada, são poucos os trabalhos académicos encontrados em Portugal com esta referência. Há alguns trabalhos que analisam a mulher negra na comunicação, nas artes e na cultura e pouco mais que isto. Falta ainda falar sobre a realidade vivida no dia-a-dia e ouvir as vozes que estão silenciadas há muito. Além disso, temos a perceção de que em Portugal o número de negros residentes é uma pequena parte no todo da população, comparativamente ao número de brancos, apesar de inexistirem dados estatísticos que o comprovem (INE). As teorias da interseccionalidade, da dominação masculina e da identidade de género que podem ajudar-nos a explicar algumas posturas, atitudes e comportamentos que são tão difíceis de serem desconstruídos como o racismo, a discriminação e o sexismo, serão a base para a interpretação empírica deste trabalho. A razão que me move a escolher a mulher negra como figura principal desta dissertação é o facto de a perceber vivenciando na primeira pessoa, enquanto mulher e negra, além de tentar perceber de que forma a sociedade e o Estado português pretendem minorar a invisibilização e discriminação destas mulheres, criando condições de igualdade a todos os níveis (Henriques, 2018). Tentando através deste estudo perceber que outros cargos ocupam em Portugal, qual o seu nível de escolaridade e se este interfere nos cargos, e de que forma. E ainda quais são as mudanças que estas mulheres desejam ver acontecer na sociedade portuguesa. Palavras-chave: Mulheres negras, racismo, género, feminismo negro, discriminação, invisibilização, interseccionalidade, igualdade e representatividade.

ASSUNTOS:

Mulheres negrasDiscriminação com base na raça e na etnia

CDU:

316.647.82(469)

Teses  
COTASIGLACÓDIGO BARRASTIPOESTADO
316.6 REI INVBCI300100035224Consulta LocalLivre